• Rodrigo Goncalves

Jesus era socialista? Parte 2 - altruísmo


Não havia, pois, entre eles necessitado algum; porque todos os que possuíam herdades ou casas, vendendo-as, traziam o preço do que fora vendido, e o depositavam aos pés dos apóstolos.

E repartia-se a cada um, segundo a necessidade que cada um tinha.

Então José, cognominado pelos apóstolos Barnabé (que, traduzido, é Filho da consolação), levita, natural de Chipre,

Possuindo uma herdade, vendeu-a, e trouxe o preço, e o depositou aos pés dos apóstolos.


(Atos 4: 34-37)

Seria esta passagem um exemplo do "socialismo" de Jesus?


Primeiramente vamos recordar o que é socialismo:

Socialismo é a concentração de poder para uma elite para atingir os seguintes propósitos: planejamento central da economia; e uma redistribuição radical de renda.

É muito comum líderes religiosos receberem doações vultuosas, na maioria das vezes por gratidão, mas também por ignorância ou até medo. Os verdadeiros líderes, aqueles que pregam o verdadeiro amor a Deus e ao próximo, nunca pedem as doações e nunca as guardam para si. Além de Jesus, podemos citar vários outros exemplos: Chico Xavier, Gandhi, Madre Tereza, São Francisco de Assis.


Dar as pobres as doações que recebia foi um exemplo de integridade e comprometimento de Jesus para com os seus próprios ensinamentos. Só isto. Foi um ato de honradez, e racionalismo, não socialismo.


Um erro muito comum é confundir "socialismo" com "altruísmo".

Confundir socialismo com altruísmo é erro deliberadamente induzido através de muitos anos de doutrinação marxista nas escolas, universidades e igrejas. Uma confusão que o PT e demais partidos socialistas utilizam para se projetar e angariar votos das pessoas intelectualmente e socialmente vulneráveis.


Os maiores doadores de fortunas da história da humanidade foram também os maiores capitalistas, como por exemplo, Rockefeller. No Brasil, Antônio Ermírio de Moraes foi um grande exemplo de como ajudar pessoas com gestão e geração de riquezas. Todo grande milionário capitalista deixou para trás um rastro de prosperidade.


Observe que não precisa ser milionário para gerar prosperidade e ajudar ao próximo com capitalismo. Criar valor, como empreendedor ou como colaborador, está ao alcance de todos nós! Um excelente exemplo é a Panificadora Bambini em Campinas. Uma linda história de como duas pessoas, sem riquezas, criaram uma estrutura que dá oportunidade de trabalho e aprendizagem a centenas de pessoas.


O socialismo é um sistema criado por quem tem inveja e ódio dos que são melhores do que eles. Por onde o socialismo passa só deixa morte e destruição.


Este cancro filosófico está entranhado em nossa sociedade porque ele é como o HIV: ele ataca nossas defesas. Ele se fantasia de altruísmo. Ele se aproveita de fragilidades da psiquê humana trazendo promessas confortadoras de igualdade e justiça social.


Não é poético "dar aos pobres tudo o que tem" ?

Não é poético "dar aos pobres tudo o que tem" ? Não é glorioso dizer que "vamos dividir a riqueza"? Não é extasiante ser altruísta até a morte? E depois que sua carcaça vazia estiver jogada no solo, quem vai saciar a fome dos injustiçados? Depois que todos os geradores de riqueza forem sugados até a última gota de suas energias, quem irá alimentar as "vítimas da sociedade"?


Anos de doutrinação marxista nas escolas e nas igrejas quase nos fizeram esquecer que o verdadeiro altruísmo está na criação de valor. Está em dar a sua energia, o seu amor, o seu tempo... tudo... tudo... ao trabalho que gera valor. Que dá lucro. Que gera frutos. Seja como empreendedor ou como colaborador.


O verdadeiro altruísta não doa para próximo, ele CRIA para o próximo

O verdadeiro altruísta não doa para o próximo, ele cria para o próximo. A felicidade do próximo é uma consequência de sua própria felicidade. Na busca de sua própria felicidade ele leva consigo seus irmãos, e por isto ele trabalha, corre riscos, cria, improvisa: gera valor - gera riqueza. Sem cometer auto-sacrifício. Isto seria errado. Imoral. (veja mais neste link aqui)


Acima de tudo, o verdadeiro altruísta dá sua vida pelo direito à vida. Nenhuma vida vale menos do que outra e pode ser tirada por nenhum homem em nenhuma circustância. Sob sua guarda, nunca uma vida pode ser ceifada, nem que o preço seja sua própria vida.


O socialismo é exatamente o oposto a tudo o que o Mestre nos ensinou. É aceitar que vidas são descartáveis. É ver a riqueza dos outros com inveja. É privilegiar alguns em detrimento de outros. E acima de tudo, é esperar que outro seja o responsável pela sua própria felicidade.


Ser cristão é definitivamente ser capitalista e não socialista.


Fique bem!


64 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo